sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Problema pessoal

Toda a gente sabe que nesta altura do ano todos os hiper e supermercados têm as suas campanhas de regresso às aulas. Estas campanhas mexem comigo, no meu mais íntimo eu. Durante o resto do ano camuflo uma vontade interior com algum jeito, mas nesta altura do ano é difícil resistir!

Os cadernos, os lápis, as canetas, capas, recargas de folhas, os mais variados acessórios e os coordenados que lançam nesta altura - alguns deliciosos! - fazem-me sentir o cheiro dos meus regressos às aulas, do sentimento de mais um ano começar e de isso simbolizar estar um ano mais velha. O passar de ano marcava aquilo que agora nem nos apercebemos: o passar do tempo.

Como me lembro de usar a capa, com mil e trezentos separadores diferentes, posteriormente, pude começar a usar cadernos - coisa que fazia de nós mais crescidos, quase como poder começar a escrever com caneta, em vez do lápis!

Tudo isto que muitos vivem pela primeira vez, faz-me lembrar de como era no meu tempo. E dá uma saudade... saudade que me faz querer, com muita vontade! - mais até do que comprar roupa ou sapatos ou outra coisa qualquer típica de mulher! -, comprar montes de cadernos, canetas, lápis e aguças... e escrever, cartas, histórias, cópias ou ditados... e lembrar.

2 comentários:

Pecola disse...

É verdade. :) Ui, e se houvesse só metade destas coisas no meu tempo, lá iam os meus pais à falência. =o)

Susi disse...

Eu ando na universidade e não preciso de tanta tralha como antigamente, mas apetece-me levar tudo comigo! Até me apetece comprar uma mochila vê lá :P